Home Jornal da Capital Destaque Empreendedor gaúcho apresenta gim à base de pinhão

Empreendedor gaúcho apresenta gim à base de pinhão

79
0

Conhecida na região sul, como Araucária  – fruto se chama pinhão – essa árvore foi o início da inspiração do empresário Matheus Berghahn, gaúcho, formado em Ciência da Computação, 28 anos, criou em janeiro de 2021 – em meio a uma pandemia – , sua primeira marca de destilados, o gim e a sua primeira garrafa foi comercializada somente em novembro do mesmo ano. Com produção de pequenos lotes de 220 garrafas, em alambiques de cobre martelado com tecnologia de ponta sua produção até hoje foi de 1980 garrafas, passando 1485 litros do destilado premium.

A novidade deste gim que leva em sua receita 15 botânicos, é a pinha araucária que só pode ser colhida entre abril e junho na região sul.  Segundo Matheus Berghahn, fundador da Believer,  “todo o processo leva em torno de 16 dias, sendo desde a primeira etapa onde temos a maceração híbrida, o qual consiste em 3 etapas de infusão, sendo a quente, a frio e a vapor. Seguimos com mais 5 fases até chegar ao mais puro gin.” finaliza.

Não é de hoje que o gin, destilado de origem holandesa que ganhou fama no Reino Unido, é a bebida preferida dos brasileiros. E foi com essa curiosidade que o empresário Matheus Berghahn, foi atrás do seu sonho com investimento inicial de R$ 660.000,00 mil reais, estudou todo o processo de destilação. “O uso do pinhão, da nossa pinha araucária aqui no sul traz um equilíbrio de sabor para a bebida e a torna perfeita para elaboração de variados drinks. Um dos nossos sonhos é futuramente fazer parte de um projeto de reflorestamento de araucárias.” salienta Matheus.

Believer London Dry Premium Gin – É um gin artesanal premium, produzido em pequenos lotes de 220 unidades, em alambiques de cobre martelado na cidade de Esteio, no Rio Grande do Sul, desde outubro de 2021. Cada detalhe foi cuidadosamente pensado para uma experiência visual, olfativa e degustativa excepcional. Produzido visando a mais alta qualidade, sua receita leva 15 botânicos in natura (importados e nacionais) e seu processo de produção é híbrido, o qual consiste em infusão direta e a vapor dos seus elementos. A sazonalidade e regionalidade sul brasileira de um de seus elementos, a pinha de araucária, torna esse gin ainda mais único. Equilibrado em aroma e sabor, traz leves notas cítricas e se torna perfeito para elaboração de variados drinks.

Fonte: @azpressbrasil

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here