Home Jornal da Capital Cultura Arte gaúcha em São Paulo: Instalação multimídia “Edifício Cristal” será exibida no...

Arte gaúcha em São Paulo: Instalação multimídia “Edifício Cristal” será exibida no Festival Internacional de Teatro de Rio Preto

81
0

Instalação multimídia que reúne artes cênicas, visuais e música, Edifício Cristal vai integrar a mostra oficial do Festival Internacional de Teatro de Rio Preto, um dos principais eventos do gênero que acontecerá este mês no interior de São Paulo. A produção da trupe gaúcha Cia. Incomode-Te poderá ser vista gratuitamente de 22 a 30 de julho na Biblioteca Pública Municipal Drº Fernando Costa, de segunda à sexta-feira, a visitação será das 9h às 12h e das 14h às 17h, e, aos sábados e domingos, das 9h às 12h.  

A obra foi selecionada pela curadoria do evento entre mais de 800 trabalhos inscritos. Composta por uma cristaleira interativa que reflete o cotidiano de um condomínio vivendo em quarentena durante a pandemia, a instalação apresenta onze histórias e uma rotina diferente em cada apartamento. Tudo ilustrado com miniaturas, locuções e iluminação minimalista. 

No mês passado, Edifício Cristal esteve em cartaz no Itaú Cultural, na capital paulista. Estreou em maio de 2021 em Porto Alegre, onde já cumpriu temporadas na Casa de Cultura Mario Quintana, no Multipalco Eva Sopher/Theatro São Pedro, na Cinemateca Capitólio, no Centro Histórico-Cultural Santa Casa e no Complexo Fecomércio-RS Sesc/Senac. 

A INSTALAÇÃO INTERATIVA
Edifício Cristal é um espelho do nosso cotidiano, exatamente como um condomínio. Cada apartamento tem um número e, para escutar o que passa lá dentro, basta apenas colocar os fones de ouvido, escolher a unidade, apertar um botão e acompanhar a narração dos atores Carlos Ramiro Fensterseifer, Liane Venturella, Letícia Vieira e Nelson Diniz, que acontece paralelamente à automação de iluminação programada para a história escolhida. 

Idealizado pela atriz Liane Venturella, o projeto tem cenários concebidos a partir do lixo reciclado dos integrantes da trupe. Além disso, cada artista trabalhou sozinho, em isolamento social. Mesmo sendo composta por adereços em formato reduzido, a produção tem todos os elementos de uma montagem teatral. A trilha sonora original é assinada por Angelo Primon. Juan Quintáns está à frente da engenharia de som. Todo o projeto luminotécnico e a automação é de Ricardo Vivian e a cenotécnica, de Matheus Grimm. 

 O espectador é convidado a embarcar em uma viagem na qual terá o desafio delinear os protagonistas na sua própria mente: um síndico transtornado, o último inquilino do imóvel que está para alugar, a filha que precisou isolar-se para cuidar da mãe, a senhora que não consegue parar em casa, o casal que adotou duas crianças, um escritor famoso enfrentando a solidão em um moderno duplex, entre outros. 

FICHA TÉCNICA
Idealização: Liane Venturella
Concepção de interiores: Liane Venturella e Nelson Diniz
Textos: Carlos Ramiro Fensterseifer, Liane Venturella e Nelson Diniz
Locuções: Carlos Ramiro Fensterseifer, Letícia Vieira, Liane Venturella e Nelson Diniz
Cenotécnica: Matheus Grimm
Projeto Luminotécnico e Automação: Ricardo Vivian
Trilha Sonora: Angelo Primon
Desenho de Som: Juan Quintáns;
Assessoria de Imprensa: Léo Sant´Anna
Fotos: Alex Ramirez
Identidade Visual: Ricardo Petry
Produção: Primeira Fila Produções
Realização: Cia. Incomode-Te.

SERVIÇO
QUANDO: De 22 a 30/07 – de segunda a sexta-feira das 9h às 12h e 14h às 17h, e, aos sábados e domingos, das 9h às 12h
ONDE: Biblioteca Pública Municipal Drº Fernando Costa (Praça Jornalista Leonardo Gomes, 01 – Centro, São José do Rio Preto) 
QUANTO: gratuito 
CLASSIFICAÇÃO ETÁRIA: livre

Fonte: Léo Sant´Anna – Assessoria de Imprensa

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here