Home Jornal da Capital Agenda Fundação Iberê estreia em agosto a série de concertos de música de...

Fundação Iberê estreia em agosto a série de concertos de música de câmara

21
0

No dia 7 de agosto, a Fundação Iberê estreia temporada de música de câmara. Com curadoria de Érico Marques (GO),Lucas Brayner (PE), Henrique Amado (SP) e Nayane Nogueira (MG), os grupos são formados, em sua maioria, por músicos da Orquestra Sinfônica de Porto Alegre (OSPA). A primeira apresentação será do grupo Cordas ao Vento, integrado por Érico Marques (oboé), Francisco Coser e Leonardo Bock (violinos), João Senna (viola) e Rafael Costa (cello). No repertório, clássicos de Bach, Dorati, Dorak e B. H. Crusell, que tem como tema Atmosferas. As apresentações ocorrerão no primeiro domingo de cada mês, sempre às 17h, no auditório. A entrada será gratuita, com retirada de senha uma hora antes de cada recital. O projeto surgiu do desejo dos curadores em levar o erudito para museus e espaços culturais.

“Música de Câmara sempre foi a minha paixão. Pequenas formações, apresentações mais intimistas e uma aproximação maior com público. O grupo já existia, só faltava um espaço que nos recebesse. Quando as medidas de segurança da pandemia começaram a flexibilizar, decidimos que era o momento de buscarmos um espaço que dialogasse com nosso projeto. O espaço era a Fundação Iberê”, diz Érico.  

Este, também, era um desejo de Emilio Kalil, diretor-superintendente da Fundação Iberê: interagir com outros segmentos da vida cultural, trazendo novas experiências à instituição. “A característica principal desta série é a formação de câmara que, em grande parte da programação, será apresentada por destacados integrantes da OSPA, podendo contar com alguns convidados especiais.”

AGENDA DE CONCERTOS

7 de agosto | Domingo | 17h
Grupo: 
Cordas ao Ventos
Tema: Atmosferas
Músicos: Érico Marques (oboé), Francisco Coser e Leonardo Bock (violinos), João Senna (viola) e Rafael Costa (cello)

Repertório
Bach 
– Concerto para Oboé e Violino BWV 1060
I – Allegro
II – Adagio
III – Allegro

Bach – Goldberg Variations BWV 988
Dorati – 5 Peças para oboé solo
IV – Berceuse

Dvorak – Miniatures
I – Cavatina
II – Capriccio
IV – Elegia

B. H. Crusell – Divertimento

4 de setembro | Domingo | 17h
Grupo: 
Quinteto de Sopros
Tema: Música Brasileira
Músicos: Ange Bazzani (fagote), Ariane Rovesse (clarinete), Eric Silva (trompa),
Érico Marques (oboé) e Henrique Amado (flauta)

Repertório
H. Villa-Lobos – Choros 2 para flauta e clarinete

Chiquinha Gonzaga – Serenata – A sertaneja
H. Villa-Lobos – Cantilena
J. Medaglia –Belle Epoque
I – El Porsche Negro
II – Traumreise nach Attersee
III – Requinta Maluca

Pixinguinha – Naquele tempo
R. Miranda – “Variações Sérias” sobre um tema de Anacleto de Menezes
Altamiro Carrilho – Suite Nazaret

2 de outubro | Domingo | 17h
Grupo: 
Um Duo de Três e convidado
Tema: Uma passagem pela história da música
Músicos: Lucas Brayner e Nayane Nogueira (pianos), Érico Marques (oboé) e Henrique Amado (flauta)

Repertório
Telemann – Duetto TWV 40:107
I – Affetuoso
II – Allegro
IV – Presto

C. P. E. Bach – Sonata em Sol Menor
II – Adagio
I – Allegro

Kalliwoda – Concertino para Flauta e Oboé
Debussy – Clair de Lune (a 4 mãos)
Piazolla – Oblivion

Radames Gnattali – Sonatina em Ré Maior
I – Allegro Moderato
II – Expressivo
III – Allegro ‘Lembrando Pixinguinha’

Chiquinh Gonzaga – Cananéa
Chiquinha Gonzaga – Atraente

6 de novembro | Domingo | 17h
Grupo: 
Lieder e Canções
Tema: Lieder e Canções

4 de dezembro | Domingo | 17h
Tema: 
Especial de Natal

Fonte: Imprensa Iberê Camargo

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here